Nota de solidariedade ao estudante Vitor Rodrigues Fregulia

Abaixo à repressão policial e ao governo corrupto e golpista!

O dia 24 de maio está marcado na história como um dia de resistência e luta da classe trabalhadora e da juventude brasileira. O movimento Ocupa Brasília, que reuniu mais de 150 mil pessoas na Capital Federal, enfrentou nas ruas o governo golpista de Michel Temer e foi duramente reprimido. A violência policial chegou a um estágio alarmante: armas letais foram utilizadas contra manifestantes, um aparato de guerra foi montado na esplanada dos ministérios e o saldo negativo foram dezenas de lutadores e lutadoras sociais feridos. O dia também foi marcado pela promulgação do decreto assinado pelo golpista Temer convocando as Forças Armadas, para “garantir a lei e a ordem” em Brasília.

Dentre as vítimas da violência do Estado, encontra-se o estudante catarinense Vitor Rodrigues Fregulia, de 21 anos, que sofreu uma mutilação, perdendo 3 dedos de uma das mãos. Vitor é vítima da repressão policial desencadeada pelo governo golpista. Nos solidarizamos com Vitor, com sua família e com seus companheiros e companheiras de movimento estudantil.

A quadrilha que está no poder não intimidará aqueles que seguirão nas ruas até derrotar as reformas, reverter todos os retrocessos e derrubar temer e seus lacaios.

Comitê Regional do Partido Comunista Brasileiro – Santa Catarina

Anúncios
Nota | Esse post foi publicado em Araranguá, nota, PCB, Santa Catarina e marcado , . Guardar link permanente.

3 respostas para Nota de solidariedade ao estudante Vitor Rodrigues Fregulia

  1. Paulo Armando Sperb disse:

    GRANDE PARTIDO COMUNISTA !

  2. Hugo Cezar Benedetti disse:

    Eu concordo que o Temer e a maioria dos que os cercam forma uma quadrilha.

  3. UC disse:

    “Ingrid Leitemberg é coordenadora do grupo e ficou em Brasília para acompanhar o jovem no Hospital de Base. Os outros manifestantes já voltaram para Florianópolis.

    Ela confirma a versão do estudante. “Fomos atingidos e ele, no momento, tentou afastar aquela bomba que estava perto de todos ali. Infelizmente, fez isso com a mão e aconteceu o estrago”, disse. Ingrid afirma que estava no alto do carro de som, logo atrás, e viu quando a PM jogou bombas na direção do grupo.”

    http://www.metropoles.com/distrito-federal/bomba-foi-jogada-por-pms-diz-jovem-que-perdeu-os-dedos-em-manifestacao

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s